Culture Shock Uk Forex




Culture Shock Uk ForexA maioria dos expatriados que se deslocam para o Reino Unido tem muito poucos problemas de adaptacao a cultura. Cidades maiores como Londres e Manchester sao incrivelmente diversas, com uma multidao de culturas afirmando reivindicacoes para varios bairros e ruas. Todo tipo de culinaria, item obscuro de mercearia e acessorio cultural esta prontamente disponivel. Os expatriados das antigas colonias, como a Africa do Sul, a India, a Australia e a Nova Zelandia, tem mais de um milhao de habitantes e existem comunidades consideraveis ??e bem estabelecidas de asiaticos, jamaicanos, africanos e europeus orientais. Expats que movem-se fora dos locais cosmopolitan experimentarao mais da classe media tradicional Gra Bretanha, com um jogo razoavelmente padrao dos valores e das tradicoes que sao familiares a qualquer um de um fundo ocidental. O ingles e falado extensamente, embora os acentos regionais fortes podem convencer expats de outra maneira. Tradicionalmente, os britanicos sao educados, reticentes e circunspectos, embora tal seja a diversidade de classes e culturas que poucos estereotipos sustentam muito bem a experiencia pessoal. E melhor pensar no Reino Unido como um mundo inteiro em uma ilha e adotar uma mente aberta de acordo. Identidades regionais no Reino Unido O Reino Unido e composto por tres paises separados, mas interdependentes, nomeadamente a Inglaterra, a Escocia eo Pais de Gales ea provincia da Irlanda do Norte. Embora existam grandes diferencas nos modos cotidianos de comportamento social de uma parte do Reino Unido para outro, ha alguns aspectos da cultura que sao bastante simbolicos da diferenca nacional ou local. Fatores como o apoio a monarquia, a afiliacao politica eo apoio das equipes de futebol sao algumas das expressoes mais obvias do localismo contemporaneo. A adesao religiosa ea diferenciacao etnica tambem sao significativas. Embora a maioria dos expatriados se mude para a capital, Londres, e importante que os recem-chegados nao sejam apenas conscientes dessas distincoes geograficas, mas tambem o forte sentimento de identidade e nacionalismo sentidos pelas populacoes de cada nacao. Tambem e importante nao confundir os termos lsquoEnglishrsquo e lsquoBritishrsquo como eles significam coisas muito diferentes. LsquoBritishrsquo pode ser aplicado a alguem de qualquer das quatro nacoes, mas chamar alguem lsquoEnglish39 significa que a pessoa vem da Inglaterra. Aqueles da Escocia sao chamados lsquoScotsrsquo, aqueles do Pais de Gales sao o lsquoWelshrsquo e as pessoas da Irlanda do Norte pode ser referido como lsquoIrishrsquo. Embora isso possa parecer um ponto obvio, chamar alguem do Pais de Gales, Escocia ou Irlanda do Norte lsquoEnglishrsquo pode causar ofensa como membros dessas nacoes tem um forte sentimento de lealdade ao seu pais e sua cultura distinta. Comunicacao no Reino Unido Historicamente, os britanicos tem sido conhecidos por seu labio superior rigido e as lsquoblitz spiritrsquo demonstrado durante a Segunda Guerra Mundial. Esta atitude de sorrir-e-bear-it em face da dificuldade e adversidade ainda e evidente hoje. Como uma populacao, os britanicos tendem a nao ser muito animados quando se comunicam. Isso nao significa que eles nao tem fortes emocoes, mas sim que eles simplesmente optam por nao exibi-los em publico. Muitos da geracao mais velha evitara exibicoes publicas da afeicao. Os expatriados tambem descobrirao que as pessoas no Reino Unido parecem mais distantes e reservadas do que as da America do Norte e do sul da Europa. Eles gostam de seu espaco pessoal e preferem manter um pouco de distancia entre si e a pessoa com quem estao falando. O valor britanico sua privacidade e expats shouldn39t esperar uma excursao da casa ao visitar um amigo britanico. Eles esperam que outros respeitem sua privacidade e isso se estende a questoes pessoais. Alem de evitar discussoes sobre a situacao financeira ou os relacionamentos de alguns, os expatriados devem ter cuidado ao perguntar a uma pessoa britanica de onde vem, uma vez que isso pode ser visto como uma tentativa de colocar a pessoa na escala social ou de classe. Os recem-chegados tambem podem achar que os londrinos sao pessoas ocupadas com pouco tempo para conversa fiada, mas quanto mais para cima o norte vai mais amigavel as pessoas estao. Etiquette cultural no Reino Unido O Reino Unido e uma sociedade multicultural composta de varias comunidades etnicas, cada um com seus proprios padroes de comportamento social e etiqueta cultural. Mas existem alguns pontos expats pode ser util quando interagindo com os britanicos. Ao encontrar alguem pela primeira vez, e melhor oferecer um aperto de mao. Os abracos sao apropriados somente para os povos que um e mais familiar com. Ao visitar a casa de um amigo ou colega britanico, e bom tomar um presente de chocolates, vinho ou flores para o anfitriao. Os britanicos apreciam a pontualidade, nao apenas nos negocios, mas tambem em ocasioes sociais. E melhor fazer todas as tentativas para chegar a tempo para qualquer tipo de compromisso. Expats correndo tarde para uma reuniao deve ligar com antecedencia para deixar alguem saber. A tardanca e considerada como uma falta de respeito. Torne-se nosso especialista expatriado local para a sua area Expat Arrivals esta a procura de contribuintes para tornar este o guia definitivo para expatriados internacionais. Se voce e um expat estabelecido que poderia fazer o tempo para escrever a informacao util para expats em sua cidade e responder a perguntas do forum dos expats novos e em perspectiva, contata-nos por favor. Como nosso especialista local voce pode ter seu perfil mostrando em cada pagina que voce publicar, e tera uma opcao para promover o seu site ou blog. Ajuda Pode responder a estas perguntas Tem uma pergunta sobre o seu novo pais Faca o download dos nossos Guias Livres Copia de direitos de autor 2016 Globe Media Ltd. Todos os direitos reservados. Pela sua propria natureza muita da informacao neste guia de viagem esta sujeita a alteracoes a curto prazo e os viajantes sao instados a verificar as informacoes em que theyre confiar com as autoridades competentes. A Globe Media nao pode aceitar qualquer responsabilidade por qualquer perda ou inconveniente a qualquer pessoa como resultado das informacoes contidas acima. Analisar o choque cultural para estudantes internacionais Ensaio de ingles Publicado em: 23 de marco de 2015 Estudantes de todo o mundo vem para o Reino Unido para construir seus Carreira e ter as qualificacoes altamente reconhecidas. Durante seus estudos no Reino Unido enfrentam muitos desafios ea realidade e diferente de suas expectativas. Este relatorio centra-se nas experiencias e questoes enfrentadas pelos estudantes internacionais no Reino Unido. O desafio mais comum e o choque cultural. Cultura choque resultados devido a cultura nova e desconhecida do Reino Unido para a maioria dos alunos e resulta no stress, ansiedade, frustracao, solidao e resultados mais baixos nos estudos. Oberg explicou isso em seu modelo. Fazer amigos estrangeiros, manter contato com a familia e permanecer ocupado nas atividades academicas sao algumas maneiras de reduzir os efeitos do choque cultural. O plagio tambem e um problema enfrentado pelos estudantes de paises em desenvolvimento, uma vez que eles nao sabem a importancia do referenciamento. Este relatorio elabora a importancia e as formas de evitar o plagio e formas de aprender a fazer referencia ao seu trabalho. Professional Essay Writers Obter o seu grau ou o seu dinheiro de volta usando o nosso Ensaio Escrita Servico Ensaio Escrita Servico Este relatorio discute as questoes como professor papel estudante e as expectativas e os diferentes papeis dos professores em diferentes partes do mundo e seu foco principal. Finalmente este relatorio enfatizar a importancia da gestao do tempo e trabalhar a tempo parcial para atender as despesas diarias dos estudantes no Reino Unido e que os problemas que enfrentam ao trabalhar no Reino Unido e gestao do tempo improprio. Este relatorio tambem explicou as experiencias dos estudantes internacionais sobre as questoes acima mencionadas. Introducao Milhares de estudantes em todo o mundo viajam para o Reino Unido para estudar as universidades altamente prestigiadas para construir uma brilhante carreira. Eles entre Reino Unido com altas expectativas e pensa que estudar no Reino Unido sera como um sonho tornado realidade. Este relatorio realca a experiencia dos estudantes que vieram ao Reino Unido para o estudo. Este relatorio ira discutir as principais questoes que enfrentam os estudantes internacionais no Reino Unido e como eles se ajustam no novo ambiente. O objetivo deste relatorio e mostrar a vida de um estudante estrangeiro no Reino Unido e como eles gerenciam todos os desafios que enfrentam no Reino Unido. Este relatorio tambem ajudara na compreensao da abordagem de estudantes estrangeiros no Reino Unido. Este relatorio ira discutir questoes como choque cultural, plagio e referenciamento, professor papel estudante no Reino Unido, trabalho a tempo parcial ea gestao do tempo relativos aos estudantes internacionais, enquanto eles estao estudando no Reino Unido. Choque cultural O choque cultural e o problema mais comum que os estudantes estrangeiros enfrentam quando vem estudar no Reino Unido. O choque que as pessoas tem de enfrentar quando se confrontam com uma cultura nova e desconhecida e chamado de choque cultural, dizem Elisabeth Marx (2001a). A experiencia de uma cultura desconhecida e sempre uma surpresa porque a realidade e geralmente diferente das expectativas, acrescentou. Isso significa que agora os alunos tem que viver, ajustar e executar em uma cultura desconhecida. De acordo com Elisabeth Marx (2001b), os sintomas do choque cultural sao isolamento, tensao e confusao, sentimento deprimido e culpado, reducao no desempenho, excitacao e alegria, frustracao, sentimento de solidao e desamparo. Estudantes de diferentes paises viajam para diferentes universidades do Reino Unido para sua educacao. Cada pais tem cultura e normas diferentes. Assim, eles tem de se adaptar em uma cultura que tem linguagem diferente que causa problemas de comunicacao. Mesmo se alguem conhece a lingua muito bem, os diferentes acentos e significados diferentes de diferentes frases em diferentes partes do mundo das mesmas palavras podem causar mal-entendidos para eles. Da mesma forma, as pessoas tem prioridades alimentares diferentes, vivem em clima diferente, tem preferencias de vestimenta diferentes e tem comportamentos sociais diferentes e diferentes normas religiosas, p. No subcontinente o clima e muito quente e as pessoas usam roupas leves, mas no Reino Unido tem que usar roupas pesadas, pois permanece frio a maior parte do ano. Isso pode causar irritacoes aos alunos que nao estao usando roupas. Da mesma forma, no Reino Unido, o sotaque do ingles falado e diferente, como sotaque frances, sotaque italiano, sotaque polones, etc, enquanto os estudantes de diferentes partes do mundo podem achar tudo isso dificil de entender. Da mesma forma as prioridades de alimentos sao diferentes no Reino Unido dando mais preferencia para fast food, em seguida, em outras partes do mundo. Estas diferencas causam frustracao e todos os sintomas discutidos acima do choque cultural, resultando por vezes em depressao grave e perda de confianca. Os estudantes comecam entao a evitar os estudantes nacionais de acolhimento e comecam a sentir-se complexos. Choque cultural tambem pode causar alguns problemas de saude fisica tambem. Mudancas na dieta e estresse mental as vezes fazem os alunos seriamente doentes. Servicos completos de redacao Sem plagio Sem tempo sempre marcado com o padrao Oberg (1960) explicou o choque cultural em um modelo. Em seu modelo de adaptacao, o choque cultural tem quatro fases, isto e, fase de lua de mel, choque cultural, fase de recuperacao e fase de ajuste. Na fase da lua de mel os estudantes sao excitados e ambiciosos devido ao ambiente novo e ignoram todas as materias complexas que nao compreendem como uma parte de seu processo de aprendizagem. Eles tomam tudo positivamente e seus julgamentos sao reservados neste momento. Apos a fase de lua de mel, o choque cultural se instala com as emocoes negativas saindo e a cultura desconhecida e tomada como uma experiencia desagradavel. Tudo o que e estranho e tomado como hostil e, por vezes, o stress e o tedio sao as consequencias. Eles se sentem culpados e consideram a decisao da educacao estrangeira como errada por causa da reducao do desempenho academico. A proxima fase e a fase de recuperacao em que os alunos comecam comprometer entre suas expectativas e realidade. Em seguida, eles comecam a aceitar e compreender a cultura desconhecida. Eles percebem que eles tem que resolver este problema e se concentrar em seus objetivos futuros. Finalmente, os alunos aceitam o novo ambiente e se ajustam com ele, criando maneiras de encobrir sua fraqueza e entender a nova cultura. (Citado em Elizabeth Marx, 2001). Existem algumas maneiras que ajudarao os alunos a reduzir o efeito do choque cultural. Os alunos devem ter em mente que o choque cultural e temporario e normal e isso nao vai afeta-los permanentemente e isso acontece com todos. Fazer amigos da cultura de acolhimento ajudara a entender sua cultura facilmente. Mantenha-se ocupado em academicos, bem como atividades esportivas e manter contato com sua familia para que voce nao vai perder muito deles. Tente tomar o alimento que voce esta acostumado a comer em seu pais e exercicio bem para que voce fique fisicamente bem. Plagio e referenciamento Plagio A palavra plagio e referir-se a praticas que envolvem deliberadamente tomar palavras de outra pessoa direta ou indiretamente e reivindica-lo como ideias pessoais ao escrever ou pesquisar, ele tambem visto como ofensa educacional na Gra-Bretanha, tem sido uma grande preocupacao quando Estudando no Reino Unido Desde meados de 1990. Isso da mais reconhecimento a necessidade de pratica de referencia adequada para evitar o plagio. Estudantes estrangeiros especialmente da Africa e da Asia tem dificuldade em se adaptar a questao do plagio, por exemplo, a maioria do estudante na universidade nigeriana, cerca de 95 nao tem ou pouco conhecimento sobre plagio, e provenientes de tais antecedentes para estudar em Reino Unido e bastante desafiador e dificil de lidar. Angelil-Carter (2000) torna-lo criticos que se refere tutores tem muito enfase em referenciamento e como um fetiche que se envolvem em pensamento substituto (p, 130), tambem outros criticos de Levin que tambem sentem que pedir estudante para citar todas as fontes de trabalho , Insistindo que eles aprendem a dancar com seus sapatos amarrados juntos (2003, p.7), ele argumenta mais tarde academico e os administradores que e bastante tempo para reconhecido plagio entre os alunos inconscientemente trabalho e inevitavel e perfeitamente razoavel (Levin, 2003, p.7 ). Levin ponto de vista e que o aluno pode ficar atolado por causa da responsabilidade de procurar a fonte certa para apoiar o seu trabalho ou afirmacoes, para saber a sua capacidade de escrever sem depender dos outros. Estrategia para evitar o plagio Referencia cada peca de trabalho e citar referencias corretamente. Ao escrever um relatorio ou facil a fonte do material usado deve ser reconhecido. Completamente compreensao do uso de material e muito importante quando parafraseando e tentar tanto quanto possivel usar palavras pessoais. Citacao para indicar a citacao eo texto textual com o material deve incluir Quando usar um diario, a instrucao que e fornecida pelo autor deve ser entendida. Quando ha probabilidade sobre um determinado conceito ou fato, ele deve ser referenciado. Referenciando Estudar no Reino Unido, mais enfases sao dadas as referencias, estudante estudando no Reino Unido de outro pais onde nao e importante dado as referencias sao muitas vezes surpresa por causa do significativo associado pela universidade ou instituto. Estudante Referenciando um trabalho de pesquisa, ele ira mostrar a fonte apropriada o aluno encontrar sua informacao, embora muitas instituicoes ao redor do mundo nao gostam de referencias. Por exemplo, a Nigeria nao mostra muito interesse em referenciar comparar com a regra que a guilda o sistema de estudar aqui na Inglaterra. Referenciando em Inglaterra e reconhecido mesmo no contexto social e politico nao apenas o sistema academico. E um aspecto do sistema societal do valor que sustenta seriamente o conhecimento do direito credivel de outra propriedade. As instituicoes britanicas lideram a forca motriz de referencias adequadas para limitar o aumento da taxa de plagio. Este ensaio e um trabalho dos alunos Este ensaio foi submetido por um estudante. Este nao e um exemplo do trabalho escrito por nossos ensaiistas profissionais. Exemplos de nosso trabalho Importancia do referenciamento Propagacao de ideias Referenciar da oportunidade ao escritor e aos leitores de construir suas proprias ideias e conhecimento. Ajuda-os a localizar a fonte de citacao. O significado da bibliografia ea lista de referencias no final de cada revista de artigos, identificarao de forma identica a fonte da pesquisa. Compreender a bibliografia ajuda a estabelecer o conhecimento de uma fonte original para outra, ajudara a construir aprendizagem ao redor do estudo. Tambem e importante listar a referencia de uma pesquisa para permitir que o leitor identifique quais autores ou fonte dao ao escritor a forma ea direcao usada na pesquisa. Isso tambem ajudara a introduzir novo ideal para o autor que tambem ira gerar e expandir seus conhecimentos. Criterios de fazer Estudar em nivel de pos-graduacao, fornecendo provas relevantes e referenciamento adequado e muito importante na classificacao da atribuicao de aluno. Referenciamento perfeito pode distinguir grau diferente no nivel de estudo. Resolvendo o problema do plagio para evitar infracoes educacionais, referencias precisas podem ajudar a evita-lo. A linha cinzenta entre batota deliberada e descuido, referencias ajudam a provar o ignorante dele. Ideias sao necessarias da educacao com um potencial para se esforcar. O rigor dos testes tem que ser aplicado e sujeito a exame de outros, isso pode ser realizado por uma boa preparacao, pesquisa e apresentacao do trabalho ao alcance do publico como uma responsabilidade de escritores formidaveis, e isso pode levar muito tempo para alcancar. Referenciar e, entao, expressar apreco e dado consideracao ao trabalho dos outros. Trata-se de dar gratidao, respeito e honrar o escritor e reconhece-los. EXPERIENCIA DO PAPEL DOS ESTUDANTES DO PROFESSOR Entre todas as relacoes no mundo, a relacao professor-aluno consideraria como uma das relacoes transparentes. Todos os professores tem altas expectativas para os alunos suas expectativas podem variar de aluno para estudante. Os professores tem o poder de observacao grande com eles mesmos, eles tem suas visoes individuais para cada aluno que esta em contato com eles, eles encontram a forca ea fraqueza de um estudante e, em seguida, guia-los, faze-los aprender a superar com suas fraquezas e como Para se especializar ou polir sua forca. Os estudantes que vem para o Reino Unido para os estudos que pertence a diferentes paises e em todos os paises o padrao de aprendizagem ou ensino (estudos) diferem uns dos outros dizer, por exemplo, os alunos nao estao cientes das apresentacoes profissionais que pertencem ao Paquistao eles nao sabem como Para apresentar-se na frente de outros nunca fizeram trabalho de apresentacao enquanto estudava em seu pais para que fiquem nervosos pela primeira vez apresentando-se, mas isso e muito comum aqui no Reino Unido para trabalhar em apresentacoes porque os estudos do Reino Unido sao mais realca o conhecimento pratico em vez de O conhecimento que os alunos obtem dos livros e outros materiais de estudo. Problemas enfrentados por diferentes alunos com professores do Reino Unido: falta de vinculo. Os professores tem grande expectativa. Os professores sao apenas para guiar aqui, nao para alimentar os alunos com colher. Falta de compreensao sobre os conceitos. Os professores estao mais interessados ??em construir as qualidades dos alunos. Dificil para os alunos lidarem com as habilidades de ensino. Meritos e demeritos: Os alunos podem construir suas qualidades, mas eles nao ficam conscientes de suas fraquezas. Eles aprendem a se comportar bem junto com os grupos, mas suas habilidades individuais podem sofrer. Os alunos comecam a apresentar-se para o mundo com mais confianca, mas eles enfrentam sentimento de frustracao, enfrentando os problemas enquanto aprendem. Os professores sao altamente experientes aqui em termos de conhecimento pratico para que eles sao dificeis para os alunos, em algum momento isso pode desencorajar os alunos. Trabalhando a tempo parcial - atendendo suas despesas No Reino Unido. Os estudantes vem de muitos paises diferentes, como India, Paquistao, Nigeria e todos tem a sua moeda de paises de origem dizer, por exemplo, um estudante da India tem que converter seu dinheiro de rupias para libra Por causa do baixo valor de sua moeda como comparar com a moeda do Reino Unido Ele vai ficar sem dinheiro na mao e ele vai comecar a procurar empregos a tempo parcial ele ficou desfasado de seus estudos e uma vez que alguem comecar a trabalhar aqui no Reino Unido, ele quer ganhar mais e mais. Alguns dos estudantes vieram aqui ganhar o dinheiro que pensaram de ganhar mais dinheiro trabalhando o tempo parcial em dois, em tres lugares e apenas comecam fazer o dinheiro. Ha tantos gastos que um aluno tem de cumprir para satisfazer as necessidades basicas. As despesas basicas sao tais como o aluguel da casa, o alimento, o vestuario, viajar etc. Quando qualquer pessoa vem ao pais novo nao sabe qualquer coisa sobre esse pais assim que usara mal esse dinheiro por causa da falta do conhecimento sobre expences do pais, quando nos Mover para um lugar que e desenvolvido e tem alta qualidade de alimentos e instalacoes por isso vai cobrar ainda mais para atender as despesas. Normalmente, temos um enorme excitment enquanto visitar um novo pais para ver os diferentes lugares, diferentes cidades, diferentes cidades, locais historicos, e ate mesmo divertir fazer lugares. Quando comecamos a nos divertir com todas essas atividades especiais, temos que investir dinheiro nela, porque sem ela nada vira em nossa mao, entao, para atender essas areas de excitamento e preciso trabalhar para ele e normalmente a mentalidade diz que podemos investir mais Facilmente quando ganhamos mais dizer, por exemplo, se tivessemos uma conversao de uma moeda de rupias para libra ele vai problema um estudante bcauseof o medo de obter dinheiro curto em sua mao, porque ele tinha quantidade limitada em mao ou ele pediu uma quantidade limitada de sua Assim, se ele comeca a ganhar em libras sera facil investir esse dinheiro felizmente porque ele considerou como um dinheiro extra para atender suas despesas que ele vai desfrutar mais e sinta-se livre para gastar seu dinheiro que ele ganhou aqui. Fatores que influenciam o topico (trabalhando a tempo parcial - atendendo suas despesas) Afeta os estudos. Isso tambem afetara a saude tambem. Desfocusara a mente em diferentes direcoes. Algum tempo ele resultara em grandes perdas, como penalidades, re-exames honorarios, etc Alguns estudantes tempo vai comecar a fazer trabalho ilegalmente. Isso resultara em graus inferiores que terao um impacto negativo sobre a carreira profissional. Gestao do tempo Gestao do tempo e um dos aspectos mais importantes que desempenham um papel importante ao estudar no Reino Unido. Um estudante que vem transversalmente de um outro pais segue o lifestyle diferente pertence a cultura e a sociedade diferentes tambem. Lotes de trabalho tem de ser feito no tempo aqui no Reino Unido, a unica pessoa que pode ser bem sucedido aqui e aquele que gerencia o seu tempo bem, que vai sempre continuar a tentar realizar o trabalho antes dos prazos. Importancia da gestao do tempo: Ajuda na gestao do trabalho e realizado antes dos prazos. Ele cria uma imagem diferente na carreira profissional. Ele permite que os alunos aprendam a avaliar o tempo. CONCLUSAO Os estudantes que vem para o Reino Unido de diferentes partes do mundo enfrentam problemas como choque cultural. gerenciamento de tempo. Trabalho de meio expediente, papel diferente do estudante do professor no Reino Unido e que evita o plagirism. Este relatorio cobriu todos estes aspectos na vida dos estudantes no Reino Unido e como eles podem evitar esses problemas. Este relatorio tambem destacou as formas de adaptar facilmente a nova experiencia studing e como lidar com os novos desafios. REFERENCIAS Marx, 2001 rompendo o choque cultural. 1? edicao Nicholas Brealey em associacao com a imprensa cultural. Colin Neville, 2007. O guia completo para referenciar e evitar o plagio Remocao de Solicitacao Se voce e o escritor original deste ensaio e nao deseja mais que o ensaio seja publicado no site UK Essays, clique no link abaixo para solicitar a remocao: Do Reino Unido EssaysReverse choque cultural: O que, quando e como lidar Movendo para casa nao e sempre facil muitos que repatriam sentir diferente e totalmente fora de contato. Este artigo explica o que acontece quando o choque cultural e invertido, o que esperar e como lidar com seus efeitos. Assim como a expatriacao, a repatriacao tem suas fases psicologicas que sao inesperadas e assustadoras. O mais notavelmente, encontrando o choque reverso da cultura ao retornar para casa e uma situacao surpreendente thats negligenciado por ambos os expats que retornam e seus negocios que chamam para vir para casa. Como choque de cultura, o choque de cultura reversa tem um numero de estagios imaginar isto para ser uma curva de U-forma. No inicio, voce pode estar animado para voltar ndash casa vendo amigos e familiares, vestindo o resto do seu guarda-roupa, e comer em seus restaurantes favoritos. Esta euforia inicial eventualmente desaparece, e isso e quando voce se sente sentindo fora de lugar em sua propria cultura. Esta e a experiencia de cultura reversa choque seu o fundo da curva e, muitas vezes a parte mais aspera. A boa noticia e que, embora possa levar algum tempo, voce comecara um ajuste gradual de volta para sentir-se confortavel com onde e quem voce e. Como o choque cultural reverso acontece quando retornamos a um lugar que se espera estar em casa, mas na verdade nao e mais, e muito mais sutil e, portanto, mais dificil de gerenciar do que choque de saida precisamente porque e inesperado e inesperado, Rdquo diz Dean Foster, fundador e presidente da DFA Intercultural Global Solutions, uma empresa especializada em treinamento intercultural e coaching em todo o mundo. Foster explica que os expatriados aprendem sobre o seu tempo em um pais anfitriao ldquo. Para se comportar e pensar como os locais, em maior ou menor graus, enquanto em atribuicao internacional. Durante o tempo mais tradicionais atribuicoes internacionais chegam ao fim varios anos podem ter passado, fornecendo o cessionario internacional uma quantidade significativa de tempo para aprender novos padroes De comportamento e pensamento necessarios para se encaixar em seu pais de acolhimento. Foster ressalta que os expatriados que voltam para casa sao ldquoshocked na percepcao de que eles de fato mudaram substancialmente, geralmente quando eles encontram sua cultura de origem ao repatriar. Ambos eles e sua cultura de origem mudaram, e esta e muitas vezes a primeira vez que os expatriados tiveram a oportunidade de experimentar qualquer uma dessas mudancas. O que e o choque cultural reverso Por estranho que pareca, os expatriados ficam cada vez menos familiarizados com sua casa Stomping motivos. Retornar traz um cobertor de neblina sobre a percepcao, como um membro da audiencia andando em um ambiente thatrsquos familiar, mas ainda irreal. Robin Pascoe, autor de Homeward Bound. Escreve: choque ldquoRe-entrada e quando voce sente como se estivesse usando lentes de contato nos olhos errados. Tudo parece quase certo. rdquo Simplificando, sendo um expat e uma experiencia internacional tao longa e profunda que traz grandes mudancas profissionais e pessoais. Antigas normas e valores de seu pais de origem sao vistos de uma nova perspectiva, e os expatriados e suas familias veem as coisas em uma nova luz algo como Dorothy indo de preto e branco para Technicolor. Alem disso, os expatriados podem comecar a se sentir frustrado ou confuso quando seus amigos e familiares sao nada curiosos e intrigados sobre sua experiencia. Afinal, o expat foi para uma terra estrangeira durante anos, com vistas, sons e cheiros exoticos e novos. Os expatriados que voltam para casa podem esperar que seus principais desafios de reentrada sejam: Tedio Ninguem quer escutar Voce nao pode explicar Nostalgia de volta Os relacionamentos mudaram As pessoas veem mudancas erradas As pessoas entendem mal Sentimentos de alienacao Incapacidade de aplicar novos conhecimentos e habilidades Perda / De acordo com o Dr. Bruce La Brack da Escola de Estudos Internacionais da Universidade do Pacifico.) Como lidar com o choque reverso Partilhe a sua experiencia com os outros Embora possa sentir que ninguem quer ouvir, havera pessoas proximas que irao apoiar Voce com os ouvidos abertos eo interesse honesto. Inicie um blog, entre em contato com amigos que voce fez como um expat, ou escrever artigos ndash encontrar novas maneiras de incorporar o seu desejo de compartilhar historias com uma audiencia que vai ouvir atentamente. Manter seu estilo e ficar internacional As coisas podem ser diferentes, as pessoas (incluindo voce) podem ter mudado, mas isso nao significa que um repat deve desistir de carater e interesse aprendido do exterior apenas para caber dentro Mantenha seu estilo de vida, a partir do alimento que voce comeu no exterior A natureza da sua personalidade em evolucao. LdquoRemember que ser flexivel e esperar o inesperado ajudou voce a passar os tempos dificeis no exterior. A mesma atitude pode ajuda-lo a voltar para casa, diz o Escritorio de Estudos Internacionais da Northeastern University. LdquoReverse choque cultural e uma transicao, e uma experiencia de aprendizagem importante. Use esse tempo para reconstruir relacionamentos, interesses e seu novo self world. rdquo Manter uma perspectiva internacional e uma habilidade especial para nao dar por certo ou guardar. Leia revistas internacionais e jornais estrangeiros, ou acesse noticias de seu pais anfitriao atraves de sites e foruns. Pedir formacao Do ponto de vista profissional, para ajudar os expatriados tem uma repatriacao bem sucedida Foster recomenda cursos de formacao nao apenas para o empregado, mas toda a familia que esta retornando. LdquoIt precisa envolver o departamento de recursos humanos HR pelo menos seis meses antes do retorno, para que a empresa pode garantir uma posicao para os repats que valorizam suas novas habilidades. O treinamento de repatriacao ajuda a toda a familia a se ajustar ao fato de que todos eles mudaram significativamente enquanto estiverem na missao internacional, diz Foster. LdquoTraining avaliara e valorizara essas mudancas e vera as formas em que seu pais de origem mudou enquanto estavam no exterior. rdquo No final, a transicao exige paciencia e ainda mais de uma mente aberta do que antes. A preparacao cuidadosa facilitara as colisoes experimentadas no repouso do passeio para a familia inteira. Prepare-se para o choque e desfrute das emocoes unicas de ver sua casa a partir desta perspectiva diferente e, em um sentido longe, out. Audrey Sykes / Expatica Alguns trechos neste artigo foram tirados do artigo Expatica Gerenciando o choque de reentrada. Northeastern Universitys Escritorio de Programas de Estudos Internacionais. E Dean Fosters Repatriamento 101: Demystifying Reverse Cultura Choque. Comente aqui sobre o artigo, ou se voce tem uma sugestao para melhorar este artigo, por favor clique aqui. Se voce acha que alguma informacao desta pagina esta incorreta ou desatualizada, entre em contato conosco. A Expatica faz todos os esforcos para garantir que seus artigos sejam tao abrangentes, precisos e atualizados quanto possivel, mas tambem agradeceram por qualquer ajuda (se voce quiser entrar em contato com a Expatica por qualquer outra razao, siga as instrucoes nesta pagina de contato da Web .) Os detalhes fornecidos nesta pagina nao serao utilizados para enviar e-mails nao solicitados e nao serao vendidos a terceiros. Politica de Privacidade. Uau. 15 anos e um longo tempo. Como para mim, foi 2 anos e meio e ate mesmo que se sente como um longo tempo. Eu tinha uma coisa boa indo para uma casa, e Tailandia e uma luta que eu gostaria de terminar, talvez a China e o proximo. Nao tenho ideia se eu mesmo deveria pe nos EUA, com todas as coisas serias acontecendo agora. Sid posted: What about reverse reverse culture shock. My case. Born and brought up in India, I left to work in the States when I was 28. I was young and carefree and had no problems. Spent 15 years there, then returned to India - had a bit of difficulty in the material aspects, but not a culture shock per se. Seem re-adjusted to the Indian life, have spent the last 9 years here and am returning to the States tomorrow for what could be a long time. I am terrified. I will be going alone, family will stay on in India, I havent yet packed my bags to put off the inevitability of it all - I feel like crying. willie posted: I know how it feels. I used to live last year in the US, came back in November 2015 to my country. I still feel horrible and depressed. I wanna come back to the US again, in the country of my origin I feel alienated, alone and I dont feel like I belong here anymore. Everyone seems horribly hostile towards me and I just barely speak to anybody. Its February already, 4 months have passed but still nothing has changed. Reverse culture shock is horrible, I think I am returning soon to the US. sarah posted: A great article. I have been living in Australia for five years been back 4 weeks and so want to leave the UK already. Husbands mother is terminally ill and insisting we all stay. Lost is how I feel, I dont fit here anymore. I feel sick at the thought of remaining here. I have two children and whilst it is great for them to see family again, kids are forced to grow up faster here and it is all so commerical and busy. I just want to book a flight back to Australia with my children to give them a better life down under again. I am glad to hear I am not alone in my thoughts. The place is the same but everyone and everything is older and I feel like I really dont belong or want to belong. I must be going down to the bottom of the U. I hope I make it make up or better still have the opportunity to go back to Australia before I die on the roads here. christ the traffic is bad. Need a miracle right now to get us out of here John posted: I lived worked in Thailand for over 15 years before returning to the USA. I was entirely assimilated into Thai culture speak, read write fluent Thai. I only worked with Thais, no foreigners. While overseas I traveled to over 75 countries, some for work, for fun and some countries for both reasons. I am most definitely at the bottom of the U, and am stuck there. Ill likely return to Thailand spend the rest of my life there due to being infinitely more comfortable in the reserved culture of Thailand (and the rest of Asia) rather than in the in your face culture of the USA. Also, because Im a USA citizen and speak English with a N. American accent, everyone in the USA expects me to be like them. And Im not. Alienation defined. scott posted: this article is spot on. shame i found it almost a year after returning home. Sarah posted: Rachel, I dont think Jen is going to read your comment or even see it after 3 years :) Harsh Rodrigo posted: Having returned to my home country, Sri Lanka, after 4 years and 2 months in the UK Im experiencing a chronic case of reverse culture shock. The saddest part is it is only 7 months down the line I opened up to friend via fb who immediately diagnosed the situation and introduced me to this common phenomena of withdrawal and exclusion us returners often feel. Until I actively searched for it no one ever told me of reverse culture shock which was completely alien to me. No one in my immediately support circle, i. e. parents, relatives, friends acknowledge it even now. Having studied Human Rights, Political Studies and Multi-Culturalism, particularly focusing on second generation immigrants, I cannot believe how oblivious I was to this issue until it really affected me. 10 months down the line things havent got even the slightest better and I feel my personality, mentality and attitude all changing for the worse. I do not feel any sense of inclusion with my society, nation or the culture, whilst my main focus remains to leave home and move abroad in the earliest. Now Im determined to continue my PHD using this scenario as the key case study and touch on implementing effective support systems, better adapted immigration policies and challenge tradition concept of nationalism. Anne Harper posted: A lot depends on the reasons why you left your mother country. I love England but not what it has become. I need peace and calm and have found it here in Brittany. I guess my age has a lot to do with it When we return to the UK to visit family everything is familiar but not desirable at our time of life. The litter everywhere, the noise of city life are examples of what we DONT miss. I wish my family could come here but they would probably be bored and would not be able to work. France has its problems of course but the commune system works very well where we live and we have been embraced warmly--it helps that we are fluent French speakers. Just my thoughts. carrico posted: mossman: einverstanden. Dont worry, be happy.