Hopes Grove Hedging Forex




Hopes Grove Hedging ForexUm fundo de hedge e um fundo que pode tomar posicoes longas e curtas, usar arbitragem, comprar e vender titulos subavaliados, opcoes de comercio ou titulos e investir em quase qualquer oportunidade em qualquer mercado onde preve impressionante Ganhos com risco reduzido. As estrategias de hedge funds variam enormemente - muitos protegem contra recessoes nos mercados - especialmente importantes hoje com volatilidade e antecipacao de correcoes em mercados de acoes superaquecidos. O objetivo principal da maioria dos hedge funds e reduzir a volatilidade e o risco ao tentar preservar o capital e oferecer retornos positivos em todas as condicoes de mercado. Existem cerca de 14 estrategias de investimento distintas utilizadas pelos hedge funds, cada uma com diferentes graus de risco e retorno. Um macro hedge fund, por exemplo, investe em mercados de acoes e titulos e outras oportunidades de investimento, como moedas, na esperanca de lucrar com mudancas significativas em coisas como taxas de juros globais e politicas economicas dos paises. Um fundo de hedge macro e mais volatil, mas potencialmente mais rapido crescimento do que um fundo de hedge de valores em dificuldades que compra o capital proprio ou divida de empresas prestes a entrar ou sair de dificuldades financeiras. Um fundo de hedge de capital proprio pode ser global ou especifico do pais, protegendo contra desactualizacoes nos mercados de accoes, atraves da sobreavaliacao de stocks ou de indices de accoes. Um fundo de hedge de valor relativo tira proveito de ineficiencias de preco ou spread. Conhecer e compreender as caracteristicas das diversas estrategias de hedge funds e essencial para capitalizar sua variedade de oportunidades de investimento. E importante compreender as diferencas entre as varias estrategias de hedge funds porque todos os hedge funds nao sao os mesmos - os retornos de investimento, a volatilidade eo risco variam enormemente entre as diferentes estrategias de hedge funds. Algumas estrategias que nao estao correlacionadas aos mercados de acoes sao capazes de oferecer retornos consistentes com risco extremamente baixo de perda, enquanto outros podem ser tao volateis quanto os fundos mutuos. Um fundo de fundos bem-sucedido reconhece essas diferencas e combina varias estrategias e classes de ativos em conjunto para criar retornos de investimento de longo prazo mais estaveis ??do que qualquer dos fundos individuais. As estrategias de hedge funds variam enormemente, mas nao todas, contra as recessoes de mercado, especialmente importantes hoje, com volatilidade e antecipacao de correcoes em mercados de acoes superaquecidos. O objetivo principal da maioria dos hedge funds e reduzir a volatilidade e o risco ao tentar preservar o capital e oferecer retornos positivos (absolutos) em todas as condicoes do mercado. O equivoco popular e que todos os fundos de hedge sao volateis - que todos eles usam estrategias globais macro e colocar grandes apostas direcionais em acoes, moedas, titulos, commodities ou ouro, ao usar lotes de alavancagem. Na realidade, menos de 5 dos hedge funds sao fundos macro globais. A maioria dos hedge funds usa derivativos somente para hedging ou nao usa derivativos, e muitos nao usam alavancagem. Principais Caracteristicas dos Fundos de Hedge Os fundos de hedge utilizam uma variedade de instrumentos financeiros para reduzir o risco, aumentar os retornos e minimizar a correlacao com os mercados de accoes e obrigacoes. Muitos hedge funds sao flexiveis em suas opcoes de investimento (podem usar a venda a descoberto, alavancagem, derivativos, como puts, call, opcoes, futuros, etc.). Os hedge funds variam enormemente em termos de retornos de investimento, volatilidade e risco. Muitas, mas nao todas, estrategias de fundos de hedge tendem a se proteger contra recessoes nos mercados que estao sendo negociados. Muitos hedge funds tem a capacidade de entregar retornos correlacionados nao relacionados ao mercado. Muitos hedge funds tem como consistencia objetiva de retornos e preservacao de capital em vez de magnitude de retornos. A maioria dos hedge funds e administrada por profissionais experientes em investimentos, geralmente disciplinados e diligentes. Fundos de pensao, doacoes, companhias de seguros, bancos privados e individuos e familias de alto patrimonio liquido investem em fundos de hedge para minimizar a volatilidade geral da carteira e aumentar os retornos. A maioria dos gestores de fundos de hedge e altamente especializada e comercial apenas dentro de sua area de especializacao e vantagem competitiva. Os fundos de hedge beneficiam pesadamente a remuneracao dos gestores de fundos de hedge para incentivos de desempenho, atraindo assim os melhores cerebros do negocio de investimento. Alem disso, os gestores de fundos de hedge geralmente tem seu proprio dinheiro investido em seu fundo. Fatos Sobre a Industria de Fundo de Hedge Estimado para ser uma industria de 1 trilhao e crescendo em cerca de 20 por ano com aproximadamente 8350 hedge funds ativos. Inclui uma variedade de estrategias de investimento, algumas das quais utilizam alavancagem e derivativos, enquanto outras sao mais conservadoras e empregam pouca ou nenhuma alavancagem. Muitas estrategias de fundos de hedge procuram reduzir o risco de mercado especificamente atraves do encurtamento de acoes ou do uso de derivativos. A maioria dos hedge funds sao altamente especializados, dependendo da especializacao especifica do gerente ou da equipe de gerenciamento. O desempenho de muitas estrategias de hedge funds, particularmente estrategias de valor relativo, nao depende da direcao dos mercados de titulos ou de acoes - ao contrario dos fundos de investimento convencionais ou de acoes convencionais, que geralmente estao expostos ao risco de mercado. Muitas estrategias de fundos de hedge, particularmente estrategias de arbitragem, sao limitadas quanto a quantidade de capital que podem empregar com sucesso antes que os retornos diminuam. Como resultado, muitos gestores de fundos de hedge bem-sucedidos limitam a quantidade de capital que irao aceitar. Gerentes de fundos de hedge sao geralmente altamente profissional, disciplinado e diligente. Seus retornos em um periodo de tempo sustentado superaram os indices padrao do capital e da ligacao com menos volatilidade e menos risco de perda do que equidades. Alem das medias, ha alguns artistas verdadeiramente notaveis. Investir em fundos de hedge tende a ser favorecido por investidores mais sofisticados, incluindo muitos bancos suicos e outros bancos privados, que viveram e compreendem as consequencias de importantes correcoes no mercado de acoes. Um numero crescente de doacoes e fundos de pensao alocam ativos para hedge funds. Uma ampla gama de estrategias de hedge esta disponivel para hedge funds. Por exemplo: vender acoes de venda curta sem possui-las, na esperanca de compra-las de volta em uma data futura a um preco mais baixo na expectativa de que seu preco caira. Usando arbitragem - buscando explorar as ineficiencias de precos entre titulos relacionados - por exemplo, podem ser longas obrigacoes convertiveis e curto o emissor subjacente patrimonio. Opcoes de negociacao ou derivativos - contratos cujos valores se baseiam no desempenho de qualquer ativo financeiro subjacente, indice ou outro investimento. Investindo em antecipacao de um evento especifico - transacao de fusao, aquisicao hostil, cisao, saida de processos de falencia, etc., investindo em titulos altamente descontados - de empresas prestes a entrar ou sair de dificuldades financeiras ou falencia, muitas vezes abaixo do valor de liquidacao. Muitas das estrategias utilizadas pelos hedge funds beneficiam de nao estarem correlacionadas com a direcao dos mercados de acoes. O equivoco popular e que todos os hedge funds sao volateis - que todos usam estrategias macro globais e colocam grandes apostas direcionais em acoes, moedas, titulos , Commodities, e ouro, enquanto usando lotes de alavancagem. Na realidade, menos de 5 dos hedge funds sao fundos macro globais. A maioria dos hedge funds usa derivativos somente para hedging ou nao usa derivativos, e muitos nao usam alavancagem. Beneficios de Hedge Funds Muitas estrategias de fundo de hedge tem a capacidade de gerar retornos positivos tanto em aumento e queda de acoes e mercados de titulos. A inclusao de hedge funds numa carteira equilibrada reduz o risco e a volatilidade gerais da carteira e aumenta os retornos. A enorme variedade de estilos de investimento de fundos de hedge muitos nao correlacionados uns com os outros fornece aos investidores uma ampla escolha de estrategias de fundos de hedge para atender seus objetivos de investimento. A pesquisa academica demonstra que os fundos de hedge tem retornos mais altos e menor risco geral do que os fundos de investimento tradicionais. Os fundos de hedge fornecem uma solucao ideal de investimento a longo prazo, eliminando a necessidade de entradas e saidas de mercados corretas. A adicao de fundos de hedge a uma carteira de investimentos proporciona diversificacao nao disponivel no investimento tradicional. Hedge Fund Estilos A previsibilidade dos resultados futuros mostra uma forte correlacao com a volatilidade de cada estrategia. O desempenho futuro de estrategias com alta volatilidade e muito menos previsivel do que o desempenho futuro de estrategias com baixa ou moderada volatilidade. Crescimento agressivo: Investe em acoes esperadas para experimentar aceleracao no crescimento do lucro por acao. Geralmente elevados racios P ??/ E, baixo ou nenhum dividendo, muitas vezes menor e acoes de microcaptura que sao esperados para experimentar um rapido crescimento. Inclui fundos especializados do setor, como tecnologia, bancos ou biotecnologia. Hedges pelo shorting de acoes onde o desapontamento dos ganhos e esperado ou pelo shorting de indices de acoes. Tende a ser longo tendenciosa. Volatilidade esperada: High Distressed Securities: Compra acoes, dividas ou creditos comerciais em grandes descontos de empresas em ou enfrentando falencia ou reorganizacao. Os lucros da falta de mercado dos mercados do valor verdadeiro dos titulos altamente descontados e porque a maioria dos investidores institucionais nao podem possuir abaixo de grau grau de investimento. (Esta pressao de venda cria o desconto profundo.) Os resultados geralmente nao dependem da direcao dos mercados. Volatilidade Esperada: Baixa - Moderada Mercados Emergentes: Investe em acoes ou divida de mercados emergentes (menos maduros) que tendem a ter inflacao mais alta e crescimento volatil. A venda a descoberto nao e permitida em muitos mercados emergentes e, portanto, a cobertura eficaz muitas vezes nao esta disponivel, embora a divida da Brady possa ser parcialmente coberta por meio de mercados de futuros e moeda do Tesouro norte-americano. Volatilidade esperada: Fundos muito elevados de hedge funds: Combine fundos de hedge e outros veiculos de investimento conjunto. Esta mistura de diferentes estrategias e classes de activos tem como objectivo proporcionar um retorno de investimento a longo prazo mais estavel do que qualquer um dos fundos individuais. Retornos, risco e volatilidade podem ser controlados pela combinacao de estrategias e fundos subjacentes. A preservacao do capital e geralmente uma consideracao importante. A volatilidade depende da mistura e da relacao de estrategias empregadas. Volatilidade esperada: Baixa - Moderada - Alta Renda: Investe com foco primario na renda ou renda corrente, e nao apenas em ganhos de capital. Pode utilizar alavancagem para comprar titulos e, por vezes, derivados de renda fixa, a fim de lucrar com a valorizacao do principal e rendimento de juros. Volatilidade esperada: Baixa Macro: Visa lucrar com as mudancas nas economias globais, normalmente provocadas por mudancas nas politicas governamentais que afetam as taxas de juros, afetando, por sua vez, os mercados monetario, de acoes e de titulos. Participa em todos os principais mercados - acoes, titulos, moedas e commodities - embora nem sempre ao mesmo tempo. Usa alavancagem e derivativos para acentuar o impacto dos movimentos do mercado. Utiliza hedging, mas os investimentos direccionais alavancados tendem a causar o maior impacto no desempenho. Volatilidade Esperada: Muito Alto Neutro de Mercado - Arbitragem: Tenta proteger a maioria dos riscos de mercado tomando posicoes compensatorias, muitas vezes em diferentes titulos do mesmo emissor. Por exemplo, podem ser obrigacoes convertiveis longas e em curto prazo os emissores subjacentes. Tambem pode usar futuros para cobrir o risco de taxa de juros. Concentra-se na obtencao de retornos com baixa ou nenhuma correlacao com os mercados de acoes e de titulos. Essas estrategias de valor relativo incluem arbitragem de renda fixa, titulos garantidos por hipotecas, arbitragem de estrutura de capital e arbitragem de fundo fechado. Volatilidade esperada: Neutro de Mercado Baixo - Cobertura de Titulos: Investe igualmente em carteiras de acoes longas e curtas geralmente nos mesmos setores do mercado. O risco de mercado e bastante reduzido, mas a analise de estoque e a coleta de acoes sao essenciais para a obtencao de resultados significativos. A alavancagem pode ser usada para aumentar os retornos. Normalmente baixa ou nenhuma correlacao com o mercado. As vezes, usa futuros de indice de mercado para proteger o risco sistematico (de mercado). Indice de referencia relativo geralmente T-bills. Volatilidade esperada: Baixo tempo de mercado: aloca ativos entre diferentes classes de ativos, dependendo da visao dos gestores das perspectivas economicas ou de mercado. A enfase da carteira pode variar amplamente entre as classes de ativos. A imprevisibilidade dos movimentos do mercado e a dificuldade de cronometrar entrada e saida dos mercados aumentam a volatilidade desta estrategia. Volatilidade esperada: Alta Oportunidade: O tema do investimento muda de estrategia para estrategia a medida que as oportunidades surgem para lucrar com eventos como IPOs, mudancas subitas de precos, muitas vezes causadas por uma decepcao de ganhos intermediarios, lances hostis e outras oportunidades impulsionadas por eventos. Pode utilizar varios destes estilos de investimento em um determinado momento e nao esta restrito a qualquer abordagem de investimento ou classe de investimento particular. Volatilidade esperada: Variavel Multi Estrategia: A abordagem de investimento e diversificada empregando varias estrategias simultaneamente para realizar ganhos de curto e longo prazo. Outras estrategias podem incluir sistemas de negociacao, como a tendencia seguinte e varias estrategias tecnicas diversificadas. Este estilo de investimento permite que o gestor de excesso de peso ou underweight estrategias diferentes para melhor capitalizar sobre as oportunidades de investimento atual. Volatilidade Esperada: Venda Curta Variavel: Vende titulos curtos em antecipacao de poder recompra-los em uma data futura a um preco mais baixo devido a avaliacao dos gerentes da sobrevalorizacao dos titulos, ou do mercado, ou em antecipacao de desilusoes de ganhos muitas vezes devido As irregularidades contabilisticas, a nova concorrencia, a mudanca de gestao, etc. Frequentemente utilizado como cobertura para compensar apenas as carteiras de longo prazo e por aqueles que sentem que o mercado esta a aproximar-se de um ciclo de baixa. Alto risco. Volatilidade esperada: muito alta Situacoes especiais: investe em situacoes impulsionadas por eventos, como fusoes, aquisicoes hostis, reorganizacoes ou aquisicoes alavancadas. Pode envolver a compra simultanea de acoes em empresas adquiridas ea venda de acoes em seu adquirente, na esperanca de lucrar com o spread entre o preco de mercado atual eo preco de compra final da empresa. Tambem pode utilizar derivativos para alavancar retornos e para cobrir a taxa de juros e / ou risco de mercado. Os resultados geralmente nao dependem da direcao do mercado. Volatilidade esperada: Moderado Valor: Investimentos em titulos percebidos como vendendo em grandes descontos ao seu valor intrinseco ou potencial. Tais titulos podem estar fora do favor ou underfollowed por analistas. Longo prazo exploracao, paciencia e disciplina forte sao muitas vezes necessarios ate que o valor final e reconhecido pelo mercado. Volatilidade esperada: Baixa - Moderada O que e um Fundo de Hedge Funds Uma carteira diversificada de hedge funds geralmente nao correlacionados. Pode ser amplamente diversificado, ou sector ou geograficamente focado. Procura obter retornos mais consistentes do que carteiras de acoes, fundos mutuos, fundos de investimento ou fundos de hedge individuais. Investimento preferencial de escolha para muitos fundos de pensao, doacoes, companhias de seguros, bancos privados e familias com alto patrimonio liquido e individuos. Fornece acesso a uma ampla gama de estilos de investimento, estrategias e gestores de fundos de hedge para um investimento facil de administrar. Fornece retornos mais previsiveis do que os fundos de investimento tradicionais. Fornece uma diversificacao efetiva para carteiras de investimentos. Beneficios de um fundo de hedge de fundos Fornece uma carteira de investimento com niveis mais baixos de risco e pode entregar retornos nao correlacionados com o desempenho do mercado de acoes. Oferece retornos mais estaveis ??na maioria das condicoes de mercado devido a capacidade dos gestores de fundos de fundos e a compreensao das varias estrategias de hedge. Reduz significativamente o risco individual do fundo e do gestor. Elimina a necessidade de demorada diligencia necessaria para tomar decisoes de investimento em fundos de hedge. Permite uma administracao mais facil de investimentos amplamente diversificados em uma grande variedade de hedge funds. Permite o acesso a um espectro mais amplo de fundos de hedge lideres que, de outra forma, nao estarao disponiveis devido a altos requisitos minimos de investimento. E uma maneira ideal de obter acesso a uma ampla variedade de estrategias de hedge funds, administradas por muitos dos principais profissionais de investimento do mundo, por um investimento relativamente modesto. Saiba mais sobre Hedge Funds Veja este artigo em qualquer uma das seguintes linguas: Outros artigos Por Dion Friedland, Presidente, Magnum Fundos: O que sao Hedge Funds Um fundo de hedge e basicamente um nome de fantasia para uma parceria de investimento. E o casamento de um gestor de fundos. Que muitas vezes pode ser conhecido como o parceiro geral. E os investidores no fundo de hedge, as vezes conhecido como os socios limitados. Os socios limitados contribuem com o dinheiro eo socio geral o gerencia de acordo com a estrategia dos fundos. Uma finalidade hedge funds e maximizar os retornos dos investidores e eliminar o risco, dai a palavra hedge. Se esses objetivos soam muito como os objetivos dos fundos mutuos. Eles sao, mas que e basicamente onde as semelhancas final. O nome hedge fund entrou em existencia porque o objectivo destes veiculos era ganhar dinheiro, independentemente de o mercado subiu mais alto ou diminuiu. Isso foi possivel porque os gerentes poderiam hedge-se por acoes longas ou curtas (shorting e uma maneira de ganhar dinheiro quando um estoque cai). 1. Somente aberto a investidores credenciados ou qualificados: Os investidores em fundos de hedge tem que atender a determinados requisitos de patrimonio liquido para investir neles - patrimonio liquido superior a 1 milhao excluindo sua residencia principal. 2. Maior latitude de investimento: Um universo de investimento em fundos de hedge e limitado apenas pelo seu mandato. Um fundo de hedge pode basicamente investir em qualquer coisa - terra, imoveis. Acoes, derivativos. Moedas. Fundos mutuos, em contrapartida, tem que basicamente ficar com acoes ou titulos. 4. Estrutura da taxa: Em vez de cobrar apenas uma taxa de despesas, os fundos de hedge cobram uma taxa de despesas e uma comissao de desempenho. A estrutura de taxa comum e conhecida como Two and Twenty - a 2 taxa de gerenciamento de ativos e, em seguida, um corte de 20 de quaisquer ganhos gerados. Existem caracteristicas mais especificas que definem um fundo de hedge, mas basicamente porque eles sao veiculos de investimento privado que so permitem que os individuos ricos para investir, fundos de hedge pode muito bem fazer o que eles querem, desde que divulgar a estrategia antecipadamente aos investidores. Essa ampla latitude pode parecer muito arriscada, e as vezes pode ser. Alguns dos mais espetaculares blow-ups financeiros envolveram fundos de hedge. Dito isto, esta flexibilidade oferecida aos fundos de hedge levou a alguns dos gerentes de dinheiro mais talentosos produzindo alguns retornos surpreendentes a longo prazo. Um fundo hedge no trabalho - um exemplo imaginario Para entender melhor os fundos de hedge e por que eles se tornaram tao populares tanto com os investidores quanto com os gerentes de dinheiro, vamos criar um e ve-lo funcionar por um ano. Vou chamar meu fundo de hedge Value Opportunities Fund, LLC. Meu acordo operacional - o documento legal que diz como funciona o meu fundo - diz que eu vou receber 25 de todos os lucros acima de 5 por ano, e que eu posso investir em qualquer coisa em qualquer lugar do mundo. Dez investidores se inscrever, cada um colocando em 10 milhoes, entao meu fundo comeca com 100 milhoes. Cada investidor preenche seu contrato de investimento - semelhante a um formulario de solicitacao de conta - e envia seu cheque diretamente ao meu corretor ou a um administrador de fundos, que registrara seu investimento nos livros e, em seguida, transferira os fundos para o corretor. Um administrador de fundos e uma empresa de contabilidade que fornece todo o trabalho de administracao de um fundo de investimento. O Value Opportunities Fund esta agora aberto, e eu comeco a gerir o dinheiro. Uma vez que eu encontrar oportunidades atraentes, eu chamo meu corretor e dizer-lhe o que comprar com os 100 milhoes. Um ano passa e meu fundo esta em alta de 40, por isso agora vale 140 milhoes. Agora, de acordo com o acordo de operacao de fundos, os primeiros 5 pertence aos investidores com qualquer coisa acima de que ser dividido 25 para mim e 75 para os meus investidores. Assim, o ganho de capital de 40 milhoes seria primeiro reduzido em 2 milhoes, ou 5 de 40 milhoes, e isso vai para os investidores. Que 5 e conhecida como uma taxa de obstaculo, porque voce tem que primeiro atingir esse retorno de taxa de obstaculo de 5 antes de ganhar qualquer compensacao de desempenho. Os restantes 38 milhoes sao divididos 25 para mim e 75 para os meus investidores. Com base no meu desempenho no primeiro ano e nos termos do meu fundo, ganhei 9,5 milhoes de euros em compensacao em um unico ano. Os investidores recebem os restantes 28,5 milhoes juntamente com o corte de 2 milhoes de obstaculos para um ganho de capital de 30,5 milhoes. Como voce pode ver, o fundo hedge negocio pode ser muito lucrativo. Se eu estivesse administrando 1 bilhao, em vez disso, minha opiniao teria sido de 95 milhoes e meus investidores, 305 milhoes. Naturalmente, muitos gestores de fundos de hedge sao vilipendiados por ganharem quantias tao exuberantes de dinheiro. Mas isso e porque aqueles que fazem o dedo apontando - muitas vezes os jornais - nao mencionam que meus investidores fizeram 305 milhoes. Quando e a ultima vez que voce ouviu um investidor em um fundo de hedge queixar-se que o seu gestor de fundos estava recebendo muito dinheiro Compensacao Critica - 2 e 20 De nosso exemplo de fundo ficticio acima, e evidente que os gestores de fundos de hedge ganhar muito dinheiro. Mas o que talvez receba o maior numero de criticas e o esquema de compensacao mais popular no mundo dos fundos de hedge: e chamado de 2 e 20, e e usado por uma grande maioria de hedge funds atualmente em operacao. A estrutura de compensacao 2 e 20 significa que o acordo operacional de hedge funds exige que o gestor do fundo receba 2 de ativos e 20 de lucros a cada ano. E o 2 que recebe a critica, e nao e dificil ver porque. Mesmo que o gestor de fundos de hedge perca dinheiro, ele ainda recebe 2 de ativos. Um gerente que supervisiona um fundo de 1 bilhao poderia investir 20 milhoes por ano em compensacao sem levantar um dedo. Pior ainda e o gestor do fundo que bolsos 20 milhoes, enquanto seu fundo perde dinheiro. Ele ou ela, entao, tem que explicar aos investidores por que seus valores de conta declinou enquanto justifica ser pago 20 milhoes. E uma venda dificil e que nao funciona normalmente. No exemplo de ficcao acima, o meu fundo particular nao cobrava nenhuma comissao de gestao de activos e em vez disso tomou um corte de desempenho mais elevado - 25 em vez de 20. Isto da a um gestor de fundos de cobertura uma oportunidade de ganhar mais dinheiro - nao a custa dos fundos investidores, mas Ao lado deles. Infelizmente, esta estrutura de taxa de administracao de ativos nao e rara no mundo de fundo de hedge de hoje. A estrutura de 2 e 20 ainda prevalece, embora muitos fundos estejam comecando a ir para uma configuracao de 1 e 20. Hedge Funds Hoje e Estrategias Por maioria das estimativas, milhares de hedge funds estao operando hoje, gerindo coletivamente mais de 1 trilhao. Hedge fundos podem prosseguir um grau variavel de estrategias, incluindo macro, equidade, valor relativo. Titulos em dificuldades e ativismo. Um fundo de hedge macro investe em acoes, titulos e moedas na esperanca de lucrar com mudancas em variaveis ??macroeconomicas, como as taxas de juros globais e as politicas economicas dos paises. Um fundo de hedge de acoes pode ser global ou especifico de cada pais, investindo em acoes atraentes, enquanto protege contra desactualizacoes nos mercados de acoes, cortando estoque sobrevalorizado ou indices de acoes. Um fundo de hedge de valor relativo tira proveito de ineficiencias de preco ou spread. Outras estrategias de hedge funds incluem crescimento agressivo, renda, mercados emergentes. Valor e venda a descoberto. Outra estrategia popular e a abordagem do fundo de fundos em que um fundo de hedge se mistura e combina com outros fundos de hedge e outros veiculos de investimento conjunto. Esta mistura de diferentes estrategias e classes de activos tem como objectivo proporcionar um retorno de investimento a longo prazo mais estavel do que qualquer um dos fundos individuais. Retornos, risco e volatilidade podem ser controlados pela combinacao de estrategias e fundos subjacentes. Os hedge funds notaveis ??incluem hoje os Paulson Funds, um grupo de varios fundos hedge fundados por John Paulson. Paulson tornou-se famoso apos seu fundo colher bilhoes de apostas contra hipotecas em 2008. Paulson tem outros hedge funds especificos, incluindo um que investe apenas em ouro, por exemplo. Pershing Square e um altamente bem sucedido e alto perfil ativista hedge fund administrado por Bill Ackman. A Ackman investe em empresas que considera estar subestimadas com o objetivo de assumir um papel mais ativo na empresa para desbloquear valor. Activismo tipicamente inclui mudar o conselho de administracao, nomeando uma nova gerencia ou empurrando para uma venda da empresa. Carl Icahn. Um ativista bem conhecido, tambem lidera fundos de hedge ativistas muito bem-sucedidos. Na verdade, uma de suas empresas holding. Icahn Enterprises (Nasdaq: IEP), e negociado publicamente e da aos investidores que nao podem ou nao querem investir diretamente em um hedge fund uma oportunidade de apostar em Icahn e sua habilidade em desbloquear valor. Um aspecto que separou a industria de fundos de hedge por tanto tempo e o fato de que os fundos de hedge enfrentam pouca regulamentacao de administracao do dinheiro. Em comparacao com fundos mutuos, fundos de pensao e outros veiculos de investimento, os hedge funds sao os menos regulamentados. Isso porque os fundos de hedge so sao autorizados a tomar dinheiro de investidores qualificados - individuos com uma renda anual que excede 200.000 nos ultimos dois anos ou um patrimonio liquido superior a 1 milhao excluindo sua residencia principal. Como tal, a Securities and Exchange Commission considera investidores qualificados adequados o suficiente para lidar com os riscos potenciais que vem de um mandato de investimento mais amplo. Mas nao se enganem, hedge funds sao regulamentados, e recentemente eles estao vindo sob o microscopio cada vez mais. Os fundos de hedge sao tao grandes e poderosos que a SEC esta comecando a prestar mais atencao. E violacoes como o abuso de informacao privilegiada parecem estar ocorrendo muito mais frequentemente, uma atividade reguladores vem para baixo duramente sobre. Em setembro de 2013, a industria de fundos de hedge sofreu uma das mudancas regulatorias mais significativas que surgiram nos ultimos anos. Em marco de 2012, o Jumpstart Nosso negocio Startups Act (Lei de emprego) foi assinado em lei. A premissa basica da Lei de Empregos foi incentivar o financiamento de pequenas empresas nos EUA, facilitando a regulamentacao de valores mobiliarios. A Lei de Empregos tambem teve um grande impacto nos fundos de hedge: Em setembro de 2013, a proibicao de publicidade de fundos de hedge foi levantada. Em um voto de 4 para 1, a SEC aprovou uma mocao para permitir que fundos de hedge e outras empresas que criam ofertas privadas para anunciar a quem eles querem, mas eles so podem aceitar investimentos de investidores credenciados. Enquanto os fundos de hedge podem nao parecer pequenas empresas, por causa de sua ampla latitude de investimento, eles sao frequentemente fornecedores-chave de capital para startups e pequenas empresas. Dar fundos de hedge a oportunidade de solicitar capital seria, de facto, ajudar o crescimento das pequenas empresas, aumentando o pool de capital de investimento disponivel. Hedge fundos de publicidade promocoes com a oferta de produtos de investimento de fundos para investidores acreditados ou intermediarios financeiros atraves de impressao, televisao e internet. Um fundo de hedge que deseja solicitar (anunciar a) os investidores devem apresentar um formulario D com a SEC, pelo menos, 15 dias antes de comecar a anunciar. Porque a propaganda do fundo do hedge era estritamente proibida antes de levantar esta proibicao, o SEC esta muito interessado em como a propaganda esta sendo usada por emitentes confidenciais. Por isso, efectuou alteracoes ao arquivamento do Formulario D. Os fundos que fazem solicitacoes publicas tambem precisarao arquivar um Formulario D alterado dentro de 30 dias da rescisao das ofertas. O nao cumprimento dessas regras provavelmente resultara na proibicao de criar titulos adicionais por um ano ou mais. Deve ser obvio que os fundos de hedge oferecem alguns beneficios valiosos sobre os fundos de investimento tradicionais. Alguns beneficios notaveis ??dos fundos de hedge incluem: 1. Estrategias de investimento que tem a capacidade de gerar retornos positivos tanto no aumento e queda dos mercados de acoes e titulos. 2. Os hedge funds numa carteira equilibrada podem reduzir o risco global da carteira e a volatilidade e aumentar os retornos. 3. Uma grande variedade de estilos de investimento hedge fund muitos uncorrelated uns com os outros oferecem aos investidores a capacidade de personalizar precisamente estrategia de investimento. 4. Acesso a alguns dos mais talentosos gestores de investimento do mundo. Evidentemente, os fundos de hedge tambem nao estao isentos de riscos: 1. Uma estrategia de investimento concentrada expoe os fundos de hedge a perdas potencialmente enormes. 2. Hedge fundos normalmente exigem que os investidores para bloquear dinheiro por um periodo de anos. 3. Uso de alavancagem, ou dinheiro emprestado, pode transformar o que teria sido uma perda menor em uma perda significativa. Tal como acontece com qualquer estrategia de investimento, os investidores devem olhar para os seus proprios objetivos especificos e as necessidades e decidir se os fundos de hedge se encaixam suas necessidades de investimento atual. Catalog Log-In para Produtos Links rapidos Em todos os meses de um determinado contrato de futuros ou futuros Contrato de opcao, por exemplo, se todos os contratos de cobre aberto limite para cima, eles foram limite ate quotacross board. quot Real: A mercadoria fisica ou em dinheiro, que e diferente de um contrato de futuros. Consulte Mercadoria em dinheiro. Arbitragem: A compra de uma mercadoria contra a venda simultanea de uma mercadoria para lucrar com precos desiguais. As duas operacoes podem ter lugar em diferentes bolsas, entre duas mercadorias diferentes, em diferentes meses de entrega, ou entre os mercados de numerario e futuros. Consulte Distribuicao. Arbitragem: O procedimento disponivel para os clientes para a resolucao de litigios. Os corretores e membros de cambio sao obrigados a participar na arbitragem para resolver disputas. A arbitragem esta disponivel atraves das bolsas, da NFA e da CFTC. Pergunte: Tambem chamado de preco de venda148 ou 147 de oferta.148 E o preco pelo qual o vendedor esta disposto a vender seu contrato de futuros (ativo). Atribuicao: As opcoes sao exercidas atraves do corretor de opcoes de compra, que notifica a camara de compensacao do exercicio de opcoes. O clearinghouse entao notifica o vendedor da opcao que o comprador exerceu. Quando as opcoes de futuros sao exercidas, o comprador de uma chamada e atribuido um contrato de futuros de longo prazo, eo vendedor recebe o correspondente curto. Por outro lado, o comprador de um put e atribuido um contrato de futuros curtos sobre o exercicio, enquanto o vendedor recebe o longo correspondente. No mercado: Quando emitido, esta ordem e comprar ou vender um contrato de futuros ou opcoes o mais rapidamente possivel ao melhor preco possivel. Consulte Ordem de mercado. At-the-money: Uma opcao esta no dinheiro quando seu preco de exercicio e igual, ou aproximadamente igual, ao preco de mercado atual do contrato de futuros subjacente. Back Months: Tambem conhecido como contratos 147back148 sao os contratos de opcoes de futuros ou futuros que sao os mais distantes desde a entrega / expiracao. Grafico de barras: Uma representacao grafica do movimento de precos revelando os precos altos, baixos, proximos e as vezes os de abertura do dia. Uma linha vertical e desenhada para corresponder com a faixa de preco para o dia, enquanto um quottick horizontal que aponta para a esquerda revela o preco de abertura, e uma marca a direita indica o preco de fechamento. Depois de dias de graficos, padroes comecam a surgir, que os tecnicos interpretam para suas predicoes de precos. Base: A diferenca entre o preco a vista e o preco futuro de uma mercadoria. CAIXA - BASE DE FUTUROS. Base tambem e usado para se referir a diferenca entre os precos em diferentes mercados ou entre diferentes classes de commodities. Bear call spread: The purchase of a call with a high strike price against the sale of a call with a lower strike price. The maximum profit receivable is the net premium received (premium received - premium paid), while the maximum loss is calculated by subtracting the net premium received from the difference between the high strike price and the low strike price (high strike price - low strike price net premium received). A bear call spread should be entered when lower prices are expected. It is a type of vertical spread. Bear market (bear/bearish): When prices are declining, the market is said to be a quotbear marketquot individuals who anticipate lower prices are quotbears. quot Situations believed to bring with them lower prices are considered quotbearish. quot Bear put spread: The purchase of a put with a high strike price against the sale of a put with a lower strike price in expectation of declining prices. The maximum profit is calculated as follows: (high strike price - low strike price) - net premium received where net premium received premiums paid - premiums received. Bear spread: Sale of a near month futures contract against the purchase of a deferred month futures contract in expectation of a price decline in the near month relative to the more distant month. Example: selling a December contract and buying the more distant March contract. Bearish: When market prices tend to go lower, the market is said to be bearish. Someone who expects prices to trend lower is quotbearish. quot Beta: A measure correlating stock price movement to the movement of an index. Beta is used to determine the number of contracts required to hedge with stock index futures or futures options. Bid: The request to buy a futures contract at a specified price the opposite of offer. Board of trade: An exchange or association of persons participating in the business of buying or selling any commodity or receiving it for sale on consignment. Generally, an exchange where commodity futures and/or futures options are traded. See also Contract market and Exchange . Break: A sudden price move prices may break up or down. Break-even: Refers to a price at which an options cost is equal to the proceeds acquired by exercising the option. The buyer of a call pays a premium. His break-even point is calculated by adding the premium paid to the calls strike price. For example, if you purchase a May 58 cotton call for 2.25 per pound when May cotton futures are at 59.48/lb. the break-even price is 60.25/lb. (58.00/lb. 2.25/lb. 60.25/lb.). For a put purchaser, the break-even point is calculated by subtracting the premium paid from the puts strike price. Please note that, for puts, you do not exercise unless the futures price is below the break-even point. Broker: An agent who executes trades (buy or sell orders) for customers. He receives a commission for these services. Other terms used to describe a broker include: a) Account Executive (AE), b) Associated Person (AP), c) Registered Commodity Representative (RCR), d) NFA Associate. Bull call spread: The purchase of a call with a low strike price against the sale of a call with a higher strike price prices are expected to rise. The maximum potential profit is calculated as follows: (high strike price - low strike price) - net premium cost, where net premium cost premiums paid - premiums received. The maximum possible loss is the net premium cost. Bull market (bull/bullish): When prices are rising, the market is said to be a quotbull marketquot individuals who anticipate higher prices are considered quotbulls. quot Situations arising which are expected to bring higher prices are called quotbullish. quot Bull put spread: The purchase of a put with a low strike price against the sale of a call with a higher strike price prices are expected to rise. The maximum potential profit equals the net premium received. The maximum loss is calculated as follows: (high strike price - low strike price) - net premium received where net premium received premiums paid - premiums received. Bull spread: The purchase of near month futures contracts against the sale of deferred month futures contracts in expectation of a price rise in the near month relative to the deferred. One type of bull spread, the limited risk spread, is placed only when the market is near full carrying charges. See Limited risk spread . Bullish: A tendency for prices to move up. Butterfly spread: Established by buying an at-the-money option, selling 2 out-of-the money options, and buying an out-of-the money option. A butterfly is entered anytime a credit can be received i. e. the premiums received are more than those paid. Buy On Close: The 147close148 is the last two (depending on the exchange) minutes of the trading day. During the close there is a range of prices known as the closing range. To 147buy on close148 means that you buy during the close. Buy On Opening: The 147open148 or 147opening148 is the first two (depending on the exchange) minutes of the trading day. During the opening, there is a range of prices known as he opening range. To 147buy on opening148 means that you buy during the opening. Buyer: Anyone who enters the market to purchase a good or service. For futures, a buyer can be establishing a new position by purchasing a contract (going long), or liquidating an existing short position. Puts and calls can also be bought, giving the buyer the right to purchase or sell an underlying futures contract at a set price within a certain period of time. Cabinet Trade or cab: A trade at a half tick used to liquidate deep out-of-the-money options. Calendar spread: The sale of an option with a nearby expiration against the purchase of an option with the same strike price, but a more distant expiration. The loss is limited to the net premium paid, while the maximum profit possible depends on the time value of the distant option when the nearby expires. The strategy takes advantage of time value differentials during periods of relatively flat prices. Call: The period at market opening or closing during which futures contract prices are established by auction. Call option: A contract giving the buyer the right to purchase something within a certain period of time at a specified price. The seller receives money (the premium) for the sale of this right. The contract also obligates the seller to deliver, if the buyer exercises his right to purchase. Carrying charges: The cost of storing a physical commodity, consisting of interest on the invested funds, insurance, storage fees, and other incidental costs. Carrying costs are usually reflected in the difference between futures prices for different delivery months. When futures prices for deferred contract maturities are higher than for nearby maturities, it is a carrying charge market. A full carrying charge market reimburses the owner of the physical commodity for its storage until the delivery date. Carryover: The portion of existing supplies remaining from a prior production period. Cash commodity/cash market: The actual or physical commodity. The market in which the physical commodity is traded, as opposed to the futures market, where contracts for future delivery of the physical commodity are traded. See also Actuals . Cash flow: The cash receipts and payments of a business. This differs from net income after taxes in that non-cash expenses are not included in a cash flow statement. If more cash comes in than goes out, there is a positive cash flow, while more outgoing cash causes a negative cash flow. Cash market: A market in which goods are purchased either immediately for cash, as in a cash and carry contract, or where they are contracted for presently, with delivery occurring at the time of payment. All terms of the contract are negotiated between the buyer and seller. Cash options market: Markets in which calls and puts are exercised into the physical commodity i. e. upon exercise, the call/put purchaser receives the actual cash commodity or cash, or must deliver the actual cash commodity or cash. Cash price: The cost of a good or service when purchased for cash. In commodity trading, the cash price is the cost of buying the physical commodity on the current day in the spot market, rather than buying contracts in the futures market. Cash settlement: Instead of having the actuals delivered, cash is transferred upon settlement. Certificate of Deposit (CD): A large time deposit with a bank, having a specific maturity date and yield stated on the certificate. CDs usually are issued with 100,000 to 1,000,000 face values. Certificated stock: Stocks of a physical commodity that have been inspected by the exchange and found to be acceptable for delivery on a futures contract. They are stored at designated delivery points. Charting: When technicians analyze the futures markets, they employ graphs and charts to plot the price movements, volume, open interest, or other statistical indicators of price movement. See also Technical analysis and Bar chart . Churning: When a broker engages in excessive trading to derive a profit from commissions while ignoring his clients best interests. Clearing margin: Funds deposited by a futures commission merchant with its clearing member. Clearing member: A clearinghouse member responsible for executing client trades. Clearing members also monitor the financial capability of their clients by requiring sufficient margins and position reports. Clearinghouse: An agency associated with an exchange which guarantees all trades, thus assuring contract delivery and/or financial settlement. The clearinghouse becomes the buyer for every seller, and the seller for every buyer. Close or closing range: The range of prices found during the last two minutes of trading. The average price during the quotclosequot is used as the settlement price from which the allowable trading range is set for the following day. Commercials: Firms that are actively hedging their cash grain positions in the futures markets e. g. millers, exporters, and elevators. Commission: The fee which clearing-houses charge their clients to buy and sell futures and futures options contracts. The fee that brokers charge their clients is also called a commission. Commission house: Another term used to describe brokerage firms because they earn their living by charging commissions. See also Futures Commission Merchant . Commodity: A tangible economic good or item of trade or commerce for example, corn, gold, or hogs, as distinguished from intangibles and services. Commodity Credit Corporation (CCC): A government-owned corporation established in 1933 to support prices through purchases of excess crops, to control supply through acreage reduction programs, and to devise export programs. Commodity Futures Trading Commission (CFTC): A federal regulatory agency established in 1974 to administer the Commodity Exchange Act. This agency monitors the futures and futures options markets through the exchanges, futures commission merchants and their agents, floor brokers, and customers who use the markets for either commercial or investment purposes. Commodity pool: A venture where several persons contribute funds to trade futures or futures options. A commodity pool is not to be confused with a joint account. Commodity Pool Operator (CPO): An individual or firm who accepts funds, securities, or property for trading commodity futures contracts, and combines customer funds into pools. The larger the account, or pool, the more staying power the CPO and his clients have. They may be able to last through a dip in prices until the position becomes profitable. CPOs must register with the CFTC and NFA, and are closely regulated. Commodity-product spread: The simultaneous purchase (or sale) of a commodity and the sale (or purchase) of the products derived from that commodity for example, buying soybeans and selling soybean oil and meal. This is known as a crush spread. Another example is the crack spread, where the crude oil is purchased and gasoline and heating oil are sold. Commodity Trading Advisor (CTA): An individual or firm who directly or indirectly advises others about buying or selling futures or futures options. Analyses, reports, or newsletters concerning futures may be issued by a CTA he may also engage in placing trades for other peoples accounts. CTAs are required to be registered with the CFTC and to belong to the NFA. Confirmation statement: After a futures or options position has been initiated, a statement must be issued to the customer by the commission house. The statement contains the number of contracts bought or sold, and the prices at which the transactions occurred, and is sometimes combined with a purchase and sale statement. Congestion: A charting term used to describe an area of sideways price movement. Such a range is thought to provide support or resistance to price action. Contract: A legally enforceable agreement between two or more parties for performing, or refraining from performing, some specified act e. g. delivering 5,000 bushels of corn at a specified grade, time, place, and price. Contract market: Designated by the CFTC, a contract market is a board of trade set up to trade futures or option contracts, and generally means any exchange on which futures are traded. See Board of trade and Exchange . Contract month: The month in which a contract comes due for delivery according to the futures contract terms. Contrarian theory: A theory suggesting that the general consensus about trends is wrong. The contrarian takes the opposite position from the majority opinion to capitalize on overbought or oversold situations. Convergence: The coming together of futures prices and cash market prices on the last trading day of a futures contract. Conversion: The sale of a cash position and investment of part of the proceeds in the margin for a long futures position. The remaining money is placed in an interest-bearing instrument. This practice allows the investor/dealer to receive high rates of interest, and take delivery of the commodity if needed. Conversion factor: A figure published by the CBOT used to adjust a T-Bond hedge for the difference in maturity between the T-Bond contract specifications and the T-Bonds being hedged. Cover: Used to indicate the repurchase of previously sold contracts as, he covered his short position. Short covering is synonymous with liquidating a short position or evening up a short position. Covered position: A transaction which has been offset with an opposite and equal transaction for example, if a gold futures contract had been purchased, and later a call option for the same commodity amount and delivery date was sold, the traders option position is quotcovered. quot He holds the futures contract deliverable on the option if it is exercised. Also used to indicate the repurchase of previously sold contracts as, he covered his short position. Crack spread: A type of commodity-product spread involving the purchase of crude oil futures and the sale of gasoline and heating oil futures. Credit: 1. The extension of time between receipt of goods or services rendered, and payment. 2. Access to money e. g. a line of credit. Cross-Margining: The practice employed when related positions are cleared by different clearinghouses. For example, someone may hold a position in IBM stock, a single stock futures contract on IBM, and an option on IBM stock. This lends the account to cross-margining. Cross-hedge: A hedgers cash commodity and the commodities traded on an exchange are not always of the same type, quality, or grade. Therefore, a hedger may have to select a similar commodity (one with similar price movement) for his hedge. This is known as a quotcross-hedge. quot Crush spread: A type of commodity-product spread which involves the purchase of soybean futures and the sale of soybean oil and soybean meal futures. Day order: An order which, if not executed during the trading session the day it is entered, automatically expires at the end of the session. All orders are assumed to be day orders unless specified otherwise. Day-trader: Futures or options traders (often active on the trading floor) who usually initiate and offset position during a single trading session. Dealer option: A put or call on a physical good written by a firm dealing in the underlying cash commodity. A dealer option does not originate on, nor is it subject to the rules of an exchange. Debt instruments: 1) Generally, legal IOUs created when one person borrows money from (becomes indebted to) another person 2) Any commercial paper, bank CDs, bills, bonds, etc. 3) A document evidencing a loan or debt. Debt instruments such as T-Bills and T-Bonds are traded on the CME and CBOT, respectively. Deck: All orders in a floor brokers possession that have not yet been executed. Deep in-the-money: An option is quotdeep in-the moneyquot when it is so far in-the-money that it is unlikely to go out-of-the-money prior to expiration. It is an arbitrary term and can be used to describe different options by different people. Deep out-of-the-money: Used to describe an option that is unlikely to go into-the-money prior to expiration. An arbitrary term. Default: Failure to meet a margin call or to make or take delivery. The failure to perform on a futures contract as required by exchange rules. Deferred delivery: Futures trading in distant delivery months. Deferred pricing: A method of pricing where a producer sells his commodity now and buys a futures contract to benefit from an expected price increase. Although some people call this hedging, the producer is actually speculating that he can make more money by selling the cash commodity and buying a futures contract than by storing the commodity and selling it later. (If the commodity has been sold, what could he be hedging against) Delivery: The transportation of a physical commodity (actuals or cash) to a specified destination in fulfillment of a futures contract. Delivery month: The month during which a futures contract expires, and delivery is made on that contract. Delivery notice: Notification of delivery by the clearinghouse to the buyer. Such notice is initiated by the seller in the form of a quotNotice of Intention to Deliver. quot Delivery point: The location approved by an exchange for tendering and accepting goods deliverable according to the terms of a futures contract. Delta: The correlation factor between a futures price fluctuation and the change in premium for the option on that futures contract. Delta changes from moment to moment as the option premium changes. Demand: The desire to purchase economic goods or services (and the financial ability to do so) at the market price constitutes demand. When many purchasers demand a good at the market price, their combined purchasing power constitutes quotdemand. quot As this combined demand increases or decreases, other things remaining constant, the price of the good tends to rise or fall. Derivative: An investment vehicle whose value depends on the value of an underlying asset or index. For example, a futures contract for the delivery of gold depends on the value of gold (the underlying asset). A futures option which, upon exercise, delivers a gold futures contract depends on the value of the underlying gold futures contract. Derivatives Transaction Execution Facility (DTEF): A board of trade similar to a contract market, but more restricted in scope therefore, with fewer regulatory requirements. Restrictions include types of commodities traded and market participants, who may not be retail customers, unless they trade through FCMs or CTAs. Even then, there are large capitalization requirements. Diagonal spread: Uses options with different expiration dates and different strike prices for example, a trader might purchase a 26 December German Mark put and sell a 28 September German Mark put when the futures price is .2600/DM. Direct hedge: When the hedger has (or needs) the commodity (grade, etc.) specified for delivery in the futures contract, he is quotdirect hedging. quot When he does not have the specified commodity, he is cross hedging. Discount: 1) Quality differences between those standards set for some futures contracts and the quality of the delivered goods. If inferior goods are tendered for delivery, they are graded below the standard, and a lesser amount is paid for them. They are sold at a discount 2) Price differences between futures of different delivery months 3) For short-term financial instruments, quotdiscountquot may be used to describe the way interest is paid. Short-term instruments are purchased at a price below the face value (discount). At maturity, the full face value is paid to the purchaser. The interest is imputed, rather than being paid as coupon interest during the term of the instrument for example, if a T-Bill is purchased for 974,150, the price is quoted at 89.66, or a discount of 10.34 (100.00 - 89.66 10.34). At maturity, the holder receives 1,000,000. Discount rate: The interest rate charged by the Federal Reserve to its member banks (banks which belong to the Federal Reserve System) for funds they borrow. This rate has a direct bearing on the interest rates banks charge their customers. When the discount rate is increased, the banks must raise the rates they charge to cover their increased cost of borrowing. Likewise, when the discount rate is lowered, banks are able to charge lower interest rates on their loans. Discretionary accounts: An arrangement in which an account holder gives power of attorney to another person, usually his broker, to make decisions to buy or to sell without notifying the owner of the account. Discretionary accounts often are called quotmanagedquot or quotcontrolledquot accounts. Downtrend: A channel of downward price movement. Due Diligence: A process for determining the likelihood that you are going to get what you expect in any sort of business transaction. This involves a careful and complete investigation into the circumstances surrounding and parties to the transaction. This is most effective when done prior to entering into the transaction. Unfortunately, there are limitations to this process. Consider, for example, the September 11, 2001 disaster. Most people could not foresee or plan for such an event. Many contracts and business transactions came to an end on that day. Less dramatic examples can occur, such as the bankruptcy of a company like Enron, or REFCO, or the sub-prime problems that are costing major brokerage firms and banks billions of dollars. Drawdown: The worst percentage cumulative loss (from peak to valley) for an investment in the managed futures industry is known as a drawdown. Economic good: That which is scarce (relative to mans wants) and useful to mankind. Economy of scale: A lower cost per unit produced, achieved through large-scale production. The lower cost can result from better tools of production, greater discounts on purchased supplies, production of by-products, and/or equipment or labor used at production levels closer to capacity. A large cattle feeding operation may be able to benefit from economies such as lower unit feed costs, increased mechanization, and lower unit veterinary costs . Efficiency: Because of futures contracts standardization of terms, large numbers of traders from all walks of life may trade futures, thus allowing prices to be determined readily (it is more likely that someone will want a contract at any given price). The more readily prices are discovered, the more efficient are the markets. Elasticity: A term used to describe the effects price, supply, and demand have on one another for a particular commodity. A commodity is said to have elastic demand when a price change affects the demand for that commodity it has supply elasticity when a change in price causes a change in the production of the commodity. A commodity has inelastic supply or demand when they are unaffected by a change in price. Equity: The value of a futures trading account with all open positions valued at the going market price. Eurodollar Time Deposits: U. S. dollars on deposit outside the United States, either with a foreign bank or a subsidiary of a U. S. bank. The interest paid for these dollar deposits generally is higher than that for funds deposited in U. S. banks because the foreign banks are riskierthey will not be supported or nationalized by the U. S. government upon default. Furthermore, they may pay higher rates of interest because they are not regulated by the U. S. government. Even up: To close out, liquidate, or cover an open position. Exchange: An association of persons who participate in the business of buying or selling futures contracts or futures options. A forum or place where traders gather to buy or sell economic goods. With the advent of the computerized exchange, it is difficult to say exactly quotwherequot an exchange is located anymore, for example, the Eurex is quotheadquarteredquot in Frankfurt, Germany, but most of its business is conducted in the U. S. See also Board of trade or Contract market. Exchanges in the US: